abr
GRIPE H1N1

Ultimamente um dos principais assuntos relacionados à saúde é a gripe H1N1, mas é um assunto ainda desconhecido para muitos.
 Por isso nós da Reability vamos esclarecer algumas dúvidas.

O que é?
A gripe é causada por 3 tipos de vírus Influenza (A, B e C). A causada pelo Influenza C é o tipo mais brando.

A gripe H1N1 é causada por um tipo de Influenza A, que foi detectado no México em 2009 se disseminou rapidamente causando uma pandemia mundial.

Normalmente a gripe tem maior incidência no inverno, porém neste ano ela começou mais cedo, principalmente no estado de São Paulo. Os pesquisadores não sabem ao certo, mas acreditam que os principais motivos sejam: proximidade com turistas que trouxeram o vírus do hemisfério Norte, variação climática e baixa vacinação em 2014 e 2015.

Há grande preocupação em relação a essa gripe, pois a mesma pode levar a complicações respiratórias graves podendo levar a morte, principalmente em grupos considerados de “risco”, ou seja, mais suscetíveis a contrair a doença. Idosos, crianças menores de 2 anos, portadores de doenças crônicas respiratórias ou não e gestantes são os grupos considerados de risco.

Contágio

3

 

A forma de contágio é a mesma da gripe sazonal:

  • Exposição dos olhos, boca ou nariz a gotículas respiratórias de doentes infectados com gripe,
  • Ficar a menos de um metro de um doente que expele gotículas quando fala, tosse ou espirra, podemos ficar infectados, mas é preciso mais de uma hora de exposição para se tornar efetiva, exceto se o doente espirra ou tosse diretamente para cima de nós;
  • Tocar em superfícies ou objetos onde há gotículas infectadas e depois levar à boca, ao nariz ou aos olhos.
  • Não há transmissão através da água ou dos alimentos.

 

Principais sintomas da Gripe H1N1 e Gripe Sazonal

SINTOMAS GRIPE H1N1 GRIPE SAZONAL
Febre Mais de 39º com início súbito Normalmente não chega a 39º
Dor de Cabeça Intensa Não tem ou de pequena intensidade
Calafrios Frequentes Esporádicos
Cansaço Extremo Moderado
Dor de garganta Leve Intensa
Tosse Continua e seca Menos intensa
Secreção (catarro) Pouco comum Frequente com congestão nasal
Dores musculares Intensa Moderada
Ardência nos olhos Intensa Leve

 

Quando acontece a transmissão
A fase da doença em que o vírus pode ser transmitido é de um dia antes até sete dias após aparecerem os primeiros sintomas. O período de maior risco de contágio é quando há sintomas, sobretudo febre.
 
Como prevenir

  • Vacinação
  • Evitar levar as mãos aos olhos, boca e nariz.
  • Evitar lugares fechados
  • Evitar grandes aglomerações
  • Lavar sempre as mãos ou higienizá-las com álcool
  • Cobrir a boca e o nariz sempre que tossir ou espirrar

 
Diagnóstico
É feito através de exame colhido na garganta, que permite identificar a presença de H1N1. Procure sempre um Pronto Socorro se tiver febre de 39º ou mais, calafrios e falta de ar.
 
Tratamento
O medicamento (Tamiflu) é disponibilizado pela Secretaria da Saúde, está disponível nas unidades de saúde públicas e privadas; por isso eventualmente não esteja facilmente disponível para compra, quando está é necessário receita médica. Em casos mais graves ou nos grupos de risco é necessário internação.

Vacina
Sua eficácia é de 60 a 90% dependendo da faixa etária do paciente e a presença ou não de infecções e doenças crônicas. Começa a fazer efeito de 3 a 4 semanas com duração de 6 a 8 meses.

É contraindicada para bebês menores de 6 meses, quem apresentou reação anafilática em outra aplicação, quem já teve Síndrome de Guillain-Barré e alérgicos a ovo.

Campanha nacional de vacinação promovida pelo Ministério da Saúde começa dia 30/04/16 e vai até 20/05/16. Nesta campanha serão vacinados idosos, gestantes, portadores de doenças crônicas, crianças de 6 meses a 2 anos de idade e profissionais da área da saúde. Na Grande São Paulo e em algumas cidades do interior a vacinação foi antecipada a partir do dia 11/04/2016, apenas para gestantes, idosos e crianças de 6 meses a 2 anos de idade.

Além da campanha promovida pelo Ministério da Saúde, qualquer pessoa (desde que não esteja no grupo de contraindicações), pode tomar a vacina na rede particular, o preço varia de R$ 120,00 à R$ 200,00.

** obs.
–  Pessoas que já desenvolveram a doença precisam tomar a vacina.

–  Quem estiver com sintomas e sinais de gripe ou resfriado, deve aguardar a melhora.

–  Tomar anualmente a vacina.

Não há comentários até o momento

Deixe um comentário

Não se preocupe, nós nunca lhe enviaremos spam.

Não se preocupe, nós nunca lhe enviaremos spam.

Close

Reunião Mensal – Abril 30/05/2018